1 de julho de 2013

Verdadeiro amor?


Eu vivo me perguntando se o verdadeiro amor realmente existe, vivo dizendo para o espelho que isso não passa de uma bobagem, uma besteira! Isso é coisa de criança eu falo em voz alta, pensando bem não precisa falar tão alto assim, eu só quero que eu mesmo escute minhas palavras, quero somente aprender e memorizar que amor é coisa para gente boba, para pessoas que acreditam em contos de fadas!
Pensar em amor como pensar em papai noel e coelhinho da páscoa, se bem que quando eu tinha meus seis anos acreditava no papai noel, e passei há acreditar mais ainda quando eu pai entrou pela porta vestido igualzinho ao original, parece bobagem lembrar essas coisas mais era verdade, foi mágico. Tudo bem que depois dos doze anos eu descobri que tudo era mentira! Que não existia nenhum papai noel de verdade era só meu pai com uma fantasia de uma loja qualquer!
Mais e o coelho? Sim foi na páscoa dos meus oito anos de idade que um coelho branquinho e fofo veio até mim na sala com um ovo de páscoa amarrado nele, foi lindo e mais uma vez eu acreditei em magia, acreditei que essas coisas realmente existiam! Meu pai me disse que ele só teve o trabalho de amarrar o ovo e abrir a porta da sala, segundo ele o coelho me achou sozinho, ele não era treinado para isso! Então mais uma vez meu pai me contou histórias sobre amor, sobre como é lindo esse sentimento, sobre como ele torna tudo tão especial!
E meu pai me fez pensar no coelho. Disse para mim que a vida só tinha o trabalho de amarrar o ovo e de abrir a porta, o coelho sai a procura sozinho e quando ele encontra a pessoa certa ele entregar o presente, na vida real o coelho e uma pessoa e o presente é o amor que ele tem, e carrega com ele, a vida tem o trabalho de amarrar esse amor há ele! E com isso quando dois coelhos se encontrarem, ou duas pessoas elas irão trocar seus presentes, ou seus amores!
Entendeu? É só fazer a troca dos personagens para a vida real!

Wes Cursed

Nenhum comentário:

Postar um comentário